TREINAMENTOS

INTENSIVO EM LUCRO PRESUMIDO E SIMPLES NACIONAL


Por Instituto Mercosul em 21/03/2019

Data: 12 de abril de 2019 (sexta-feira) 

Horário:08h às 12h e das 13h às 17h 

Objetivo:

Etapa 1 – Lucro Presumido

Detalhar quanto ao regime de lucro presumido, adotado principalmente por determinados setores de serviços e empresas de médio porte em geral: exercício da opção, situações impeditivas ou que promovem a exclusão do regime; percentuais de presunção da atividade básica, tratativas específicas para as demais receitas, tais como rendimentos de aplicações financeiras e variações cambiais ativas. Principais detalhes quanto à elaboração da ECF – Escrituração Contábil Fiscal (registros P200 a P500).

Etapa 2 – Simples Nacional

Reforçar as características mais relevantes do recolhimento unificado de tributos e contribuições: impedimentos ao enquadramento como ME/EPP e vedações à opção pelo Simples; Tabelas dos Anexos – alíquota efetiva progressiva; isenções e reduções do percentual de ICMS concedidas por Estados; retenções de INSS e de ISS aplicáveis; Fator “r” – folha de salários e encargos.  

Público Alvo: Colaboradores das áreas fiscal, contábil, financeira ou afins; estudantes do curso de Ciências Contábeis; empresários, dirigentes e outros profissionais que desejem obter maior conhecimento da matéria.

Pré-requisito: conhecimentos sobre classificação e contabilização das receitas. 

Conteúdo: 

IRPJ/CSLL – Lucro Presumido

1 - Regras para opção pelo regime

2 - Percentuais de presunção por atividade

2.1 - Redução da base de 32% para 16%

2.1.1 - Excedente ao limite anual

2.2 - Serviços hospitalares e outros da área da saúde

2.3 - Empreitada com uso de material

3 - Demais acréscimos

3.1 - Receitas financeiras

3.2 - Variações cambiais ativas

3.3 - Ganhos de capital

3.4 - Subvenções de custeio e demais receitas 

4 - Regime de caixa versus competência

 

SIMPLES Nacional

1 - Impedimentos para enquadramento como ME ou EPP e vedações à opção pelo Simples

2 - Enquadramento por Anexo

2.1 - Alargamento do limite de enquadramento para EPP

2.1.1 – Tratamento para fins de ICMS e ISS

3 - Receita bruta

3.1 - Do mês

3.2 - Do ano calendário corrente

3.3 - Do ano calendário anterior

3.4 - Dos últimos doze meses anteriores ao da apuração

4 - Rendimentos sujeitos ao IR tributação exclusiva

4.1 - Ganhos de capital - tabela progressiva

5 - Percentual da folha de pagamento

5.1 - Atribuição de alíquota

5.2 - Partilha dos tributos unificados

6 - Situações de exceção a serem tratadas

6.1 - ICMS ST e PIS/COFINS monofásicos

6.2 - ISS devido a Município diferente do da sede

6.3 – Serviços de construção civil – opção pela CPRB

 

Instrutor (a): 

Édison Remi Pinzon

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), MBA em Gestão Tributária pelo INPG, atuou por mais de 20 anos nas áreas contábil, tributária e de controladoria de empresas industriais e de serviços e por 4 anos como analista de negócio em implantação de ERP, especialista em soluções na área de planejamento fiscal empresarial, consultor certificado do programa FORCEC, responsável pela  Atuábil Consultoria e Cursos, instrutor de cursos na Consult, SESCON/SC, SESCON/GF, SESCON/RS, CRC/PR, Karlinski Treinamentos Empresariais (RS), Doria Cursos, Socion Training e Sicontiba. Palestrante de cursos gravados para o SESCON/SC em 2017, CRCPR em 2017 e para a UNIFENACON em 2015. Autor de artigos tributários publicados pelo SESCAP/PR, SESCON/GF e Veritae Orientador Profissional (RJ).

 

Investimento*:  

R$ 240,00 empresas associadas e estudantes

R$ 340,00 empresas não associadas

*Entre em contato conosco e consulte as condições de pagamento facilitadas

* Reservamos o direito de cancelar o curso caso não atingir um número mínimo de inscritos

Preencha o formulário abaixo e entraremos em contato

Parceiros

Real Time Web Analytics